1.4.08

Tema livre: 6º Continente


Se Cristóvão Colombo fosse hoje tentar descobrir a Índia, passando naturalmente pelo canal do Panamá, antes de lá chegar descobriria no mar um outro continente, seis vezes do tamanho da França (metade da Europa), com cerca de 30 metros de altura e feito de lixo: milhões e milhões de toneladas de lixo, sobretudo plástico e outros materiais não degradáveis. Em toda essa área estima-se que haja uma média de 6 quilos de plástico por cada quilo de plancton.
Perguntamos: onde fica situado esse novo "continente", qual o nome que normalmente se lhe dá e como se pode descrever resumidamente o fenómeno geográfico que está na origem da sua constituição?

2 comentários:

Juanito disse...

Curtis Ebbesmeyer, conhecido mundialmente pela sua especialidade em despojos de naufrágios, se referem a essa área do oceano como o grande Remendo de Lixo do Pacífico. O problema é que não se trata de um remendo, tem o tamanho de um continente, e está sendo entulhado por lixo plástico flutuante. Minhas pesquisas tem documentado 6 libras de plástico para cada libra de plâncton nesta área.
É ali, no Oceano Pacífico que acabam todas as coisas que são carregadas rio abaixo para o mar. Correntes oceânicas com a rotação contrária criam longas linhas de material, visíveis de cima como listras no oceano.

carlopod disse...

pois é. há um "vortex" nas correntes oceânicas que leva a que o lixo vá todo parar àquela área do pacífico, que já vai do tamanho de metade da europa.
está certo.