10.1.07

Taras: Sade Aducu

Na Filosofia na Alcova de Sade, uma mãe é castigada por ser a puta beata que é. É violada por um empregado do divino marquês, que além de ter uma pila gigante ainda tem sífilis (a chamada cereja no bolo). A senhora leva em seguida uma boa dose de palmadas e humilhação. E a tortura termina com o quê a acontecer-lhe aos dois buracos inferiores que deus lhe deu?

4 comentários:

Quem? disse...

A ser penetrada por dois mangalhos!?

remiguel disse...

isso queria ela. melhor.

Quem? disse...

Foi cosida...e ainda levou uma bofetadas e uns pontapés no cú da filha!
;)

remiguel disse...

Muito bem! Dou-te dois pontos! (mas merecias ganhar tantos pontos quantos a personagem levou nas suas divinas entradas!:)
e quem nao leu este genial tratado político que é a Filosofia na Alcova ou Escola de Libertinagem (mais bonito ainda: La Philosophie dans le boudoir ou Les instituteurs immoraux) aproveite agora, que me parece o livro ideal para ler em Janeiro.