12.11.07

Do alterne à prostituição: pseudónimo


Esta bela dona de casa é casada com este bonito homem. Amam-se, formam um casal da alta burguesia parisiense, têm posses. Não lhe chega. Ele não satisfaz os seus desejos mais "kinky" e ela, para ter alguma excitação na vida, decide prostituir-se durante o dia numa casa de alterne, ao mesmo tempo que leva uma vida casta com o marido. A pergunta é: qual o pseudónimo que ela usa na casa de alterne?

2 comentários:

juanito disse...

Belle de Jour

carlopod disse...

très bien